REVIEW | KIRBY FIGHTERS 2 é diversão na medida certa

De qualquer forma, o que não falta são opções e variedades de batalhas e gameplays.

Passar um ano sem um jogo da adorável bolota rosa da Nintendo é passar um ano difícil. Nas últimas gerações, com o Nintendo 3DS e o Wii U, acabamos ficando muito bem acostumados com muitos jogos do Kirby nas respectivas plataformas. E mais do que isso, com jogos bons, jogos de qualidade, projetos com o cuidado, carinho e atenção que o personagem merece.

Em um momento difícil que estamos vivendo, e a Nintendo parece ter sido diretamente afetada por isso, mas ainda assim se esforçou para que 2020 fosse repleto de lançamentos interessantes das mais variadas IPs. Foi uma grata surpresa ver que Kirby, sem dar notícias desde que Super Kirby Clash foi lançado em 2019 em sistema free-to-start, volta ao Nintendo Switch com a sequência de um jogo de batalhas que foi lançado para o 3DS, Kirby Fighters 2.


SUPER SMASH KIRBY

Fighters consiste em uma batalha entre Kirbys de diversas cores e todos os outros personagens que compõem a série da bolota rosa. Um legítimo Super Smash Bros. de Kirby. Afinal de contas, as duas franquias vieram da mesma casa para dentro da Nintendo, e todo mundo sabe que Kirby é o protagonista de Smash. E se alguém tinha alguma dúvida, Sakurai sanou todas elas em Ultimate.

O jogo consiste em batalhas 1×1 ou 2×2 em uma arena temática de Dream Land. Arenas, personagens e poderes são liberados à medida em que você batalha e conquista níveis. E o repertório é vasto. Quem não conhece Kirby a fundo pode se surpreender com a quantidade de personagens e variações que existem na franquia, oferecendo batalhas diversificadas e desafios diferentes cada vez que você entra na luta.

O Switch propicia multiplayer instantâneo dos jogos por cada joy-con funcionar como um controle individual, e Kirby Fighters 2 faz bom uso disso, com até 04 pessoas podendo participar do multiplayer local. Mas caso você queira jogar sozinho, uma CPU irá te acompanhar nas batalhas de time. Ou optar pela batalha solo, apenas você vs a CPU.

Além disso, as batalhas podem ser configuradas em 2 contra 2, 3 contra 1, 2 contra 1 contra 1. E quando sozinho, você escolhe quais personagens vão batalhar e qual o nível de dificuldade da partida e de cada um dos participantes.

De qualquer forma, o que não falta são opções e variedades de batalhas e gameplays.


MULTIFORMAS DE MULTIPLAYER

Além do multiplayer nativo com até 4 joy-cons, o jogo possui conexão local para jogar com amigos que estejam com Switch perto de você, e um modo online para cair na porrada com quem está longe.

Mas o grande destaque está no Story Mode, que também oferece partidas multiplayer, mas dessa vez para até duas pessoas. Seus oponentes serão obrigatoriamente controlados pela CPU.

Neste modo, você deve percorrer uma enorme torre, e ir escalando os andares em busca de Dedede e Meta Knight. Os desafios vão aumentando em complexidade e dificuldade à medida que você progride, e quanto mais você avança, mais arenas e personagens são liberados para que você os utilize nas partidas multiplayer mais casuais [todos os modos estão conectados na liberação de cenários e personagens].

Os desafios deste modo são também no formato fechado de pequenas arenas de batalha, assim como em todo o resto do jogo, ao invés de percorrer uma fase como já estamos acostumados nos jogos de Kirby. Mas ainda assim iremos encontrar paisagens conhecidas e personagens que estamos habituados a ver. Além de batalhas contra mini-chefes que vão desafiar suas habilidades.

Todas as batalhas que você realiza, em qualquer um dos modos de jogo, são convertidas em pontos que vão computar para a evolução do seu personagem, através do aumento de nível, permitindo que você possa enfrentar desafios cada vez maiores e derrotar inimigos mais poderosos.

A variedade de modos de jogo dificilmente vai deixar o jogador sem opções e sempre vai ter uma novidade a ser explorada dentro do jogo, mesmo que seja uma partida rápida de alguns minutos para distrair a cabeça, jogar algo rápido enquanto espera ser atendido em uma consulta, ou para se aventurar profundamente dentro do universo de Dream Land.

Kirby Fighters 2 veio para fazer parte de uma lineup que, por mais que tenha sido afetada diretamente pelo momento que estamos vivendo, nunca deixou a desejar, trouxe um ano repleto de lançamentos incríveis de franquias muito queridas, e esse é um deles. Um jogo que não decepciona. Kirby continua valendo a pena sempre que traz sua simplicidade e diversão para os consoles da Nintendo.

Esta análise foi feita com código gentilmente cedido pela Nintendo.